20 fevereiro 2016

Quando é recíproco


Não é pra me gabar, mas o amor é melhor entendido quando é reciproco, há uma beleza melhor compreendida e tão simplória, que se torna infinita, existe amor quando se ama sozinho, porem é um amor carente e necessitado, tão perdido que se confunde ao ser descrito.
O amor quando é reciproco te faz perder-se meio a lembranças, como quando entro em crises de riso por sua causa e esqueço o que ia falar, te faz se sentir calmo, te faz se sentir único,  te faz se sentir pleno.
A saudade não dói, é uma saudade amena, porque você sabe que não vai durar pra sempre, é uma saudade que conforta.
O tempo passa na velocidade de um raio, talvez seja a flecha do cupido atravessando duas vidas. 2 anos se passam e parecem dias, é como se o tempo ao voar, parasse.
É como se você se encontrasse, mesmo que não estivesse perdido, é aquela coisa que parece que sempre falta na vida e nunca sabemos o que é.
É a razão em meio a euforia, é a loucura em meio a calma.
Numa tarde pode-se perder todo o tempo do mundo, fazendo nada, só estar na companhia do outro e no final você acaba ganhando todo tempo que você perdeu.
É  a coisa mais complexa de definir, de descrever e de sentir, mas é a melhor coisa do mundo, Amar quando é recíproco...