23 março 2017

10 Motivos para conhecer e amar SeaFret

Oiiii geeentee,
Hoje é dia de conhecer artistas novos :)) ebaaaa, e hoje lhes apresento uma banda super desconhecida que eu AMO MUITO, o nome dela é Seafret.

Seafret é uma dupla britânica, composta pelo cantor Jack Sedman e o guitarrista Harry Draper, Ambos de Bridlington, Reino Unido, seu álbum “Tell Me It’s Real”, Lançado em 29 de Janeiro de 2016, alcançou a posição 59 nos charts de álbuns do Reino Unido.

Vou deixar bem claro logo, que a banda é muito recente e desconhecida e por essa razão, foi muito difícil achar algo sobre eles, mesmo assim, consegui traduzir uma entrevista deles e pegar as informações necessárias para essa publicação. Então vamos aos motivos que eu consegui listar


  • O primeiro motivo pra você se apaixonar é claramente o fato deles não serem uma modinha, eu me sinto muito por ter descoberto uma puta banda muito foda antes de boa parte do mundo, imagina aí, daqui a uns 2/3 anos quando eles se tornarem relativamente conhecidos, você poder dizer “eu conheci eles um ano depois de lançarem seu CD debut” (eu conheci em Junho de 2016 e convenhamos, me sinto muito haha’)


  • Jack e Harry se conheceram em 2011 num karaokê, ficaram impressionados com a performance um do outro e logo resolveram formar a banda, eles dizem que “tudo aconteceu naturalmente, apenas começamos a escrever e as músicas apenas pareciam vir de algum lugar” então já sabem né?! Você que canta e procura alguém pra fechar uma banda com você, vá para um karaokê.


  • O nome da banda foi criado, pois eles moravam perto da costa, o nome Seafret é uma referencia ao lugar onde moravam (Sea) e um trocadilho com o braço da guitarra em inglês “FRETboard”. “Isso representa onde nós começamos e nós realmente gostamos disso, depois descobrimos que SeaFret é um termo do Norte sobre a névoa que aparece no Mar do Norte no verão”



  • Lançaram  seu primeiro EP em 2014, com 5 faixas, levando o título de uma das musicas da banda “Give me Something” produzido pela Sweet Jane Recordings “Search the past for redemption, broken glass, no reflection, Take me to a place, I believe in, lost my way, lost all reason”


  •  Em 2015 lançaram seu segundo EP intitulado “Oceans”, também com 5 faixas


  • Pros fãs de Game of Thrones, a atriz que interpreta Arya Stark (Maisie Willians), protagonizou o clipe “Oceans” da banda. No clipe, a menina sofre bullying, tem uma mãe não tão presente, se fantasia com uma capa e uma máscara de quando ela era criança, cria poderes, e enfrenta seus “agressores”. O clipe te faz refletir sobre como a lembrança da infância nos faz fortes e nossos laços com nossa família também, já a música é super bad e fala sobre a dependência de alguém na vida de outra pessoa. No caso do clipe, talvez seja a dependência da menina com a mãe e a ausência dela em sua vida, fazendo com que ela tenha que enfrentar problemas sozinha, o que te faz refletir também sobre como temos que nos tornar independentes e nos desapegar de nossos laços. A banda declarou em entrevista que a música foi escrita quando eles tiveram que deixar tudo e todos os amados pra traz na sua cidade natal para se mudarem para Londres “A distância pode ser inspiradora, nos focamos em deixar a letra direta e simples e decidimos deixar para o vocal e a guitarra trazerem a emoção para a musica”.

 “Parece que há oceanos entre eu e você mais uma vez, nós escondemos nossas emoções, sob a superfície e tentamos fingir, mas parece que há oceanos entre você e eu” 



  • O clipe do single “Wildfire” foi baseado em um experimento feito em 1997, pelo psicologo Arthur Aron que queria comprovar que é possível que dois desconhecidos se apaixonem, o experimento deu tão certo, que 6 meses depois, dois participantes se casaram. No clipe um grupo de pessoas solteiras foi dividido em duplas de acordo com a orientação sexual, e foram colocados numa mesa sentados frente à frente, tendo que olhar fixamente um nos olhos um do outro, durante o clipe, um faz  pro outro 36 perguntas, tais como “você tem algum palpite secreto de como vai morrer?”, "Diga a sua dupla algo que você já gosta nele(a)", "Divida um problema pesoal e peça um conselho a sua dupla", no final eles são instruídos a por um fone no ouvido (no qual está tocando a música do clipe) e a tentarem manter contato visual. Esse clipe me arrepia todinha e me deixa toda apaixonada, pensando na vida e em como o amor age de maneiras diferentes e imprevisíveis, faz a gente realmente acreditar em amor à primeira vista. Aos fãs do Nicholas Sparks, a música está presente na trilha sonora de “Uma longa jornada”


  •  Recomendo muito a faixa “To The Sea” com a colaboração de Rosie Carney, a música fala sobre saudade, distância e a permanência do amor, acredito eu, que ela tenha sido escrita na mudança da banda para Londres. “Eu sei que o nosso tempo vai passar, seu amor vai durar, querida, nunca iremos quebrar...Quando eu sigo meu coração, ele me leva até você...você pensa em mim quando olha para o mar?”


  • Quando perguntados pelo que eles querem ser lembrados, deram a melhor resposta de todas “nós apenas tocamos porque amamos. Hoje nós fazemos musicas que pareçam honestas pra nós e nunca forçamos músicas que não parecem certas. Para sermos conhecidos por sempre sermos nós mesmos e fazendo musicas reais, honestas seria o bastante para ser lembrado”


  • Assim como eu disse na publi do Tom, não custa nada apostar em uma banda nova, não é mesmo?!

Então é isso, espero que vocês tenham gostado e Até a próxima publicação